Para que possa concretizar as suas encomendas, fornecemos material otimizado, muito acima do padronizado:

  • Chapas resistentes a HIC (conforme NACE TM0284) em P355NL2/NH
  • Tolerância de espessura conforme norma DIN EN 10029 Classe C
Chapas resistentes a HIC (conforme NACE TM0284)
QualidadeN.º de materialespessura (mm)larguras (mm)comprimentos (mm)Certificados de ensaio DIN EN 10204
P355NL2/NH1.1106/1.05666 – 801.000 – 3.000até 12.0003.2 TüV
SA516Gr.60/65/70*6 – 801.000 – 3.000até 12.0003.2 LR

*ASME Sect. II Part A SA20 S5

Chapas resistentes a HIC

Na indústria petroquímica, as unidades estão sujeitas a substâncias com teor de ácido sulfúrico. Estas provocam corrosão nos recipientes e nas condutas devido ao hidrogénio libertado. Ocorre a formação de fissuração por hidrogénio – «Hydrogen Induced Cracking» (HIC).

Para contrariar o efeito da corrosão as empresas de cilindros desenvolveram aços resistentes a gases ácidos. Estes aços caracterizam-se por um baixo teor de ácido sulfúrico e fósforo e um elevado grau de pureza. As chapas são normalizadas em forno. Forma-se assim uma microestrutura homogénea de grão fino. O aço fica assim mais resistente ao hidrogénio, limitando a formação de fendas.

Os aços resistentes a gases ácidos são testados quanto a resistência HIC de acordo com NACE TM 0284. São retiradas amostras das chapas grossas que, durante 96 horas, são mergulhadas numa solução de ácido sulfúrico saturado. Em seguida as sondas são sujeitas a uma análise metalográfica. A sensibilidade para fendas é avaliada com base nos critérios CLR (crack length ratio), CTR (crack thickness ratio) e CSR (crack sensitivy ratio).

Se a aplicação exigir resistência a corrosão, a UnionStahl é o seu parceiro competente. Especializamo-nos em chapas resistentes a gases ácidos e armazenamo-las de acordo com ASTM A/ASME SA 516 nos graus 60, 65 e 70. As chapas grossas são atestadas por certificados de ensaio 3.2 LR. Somos o único grossista na Europa de chapas resistentes a HIC em P355NL2, P355NH e P355GH.

O fabricante da chapa garante a resistência a gases ácidos em estado normalizado ou em estado aquecido com pouca tensão.

Todas as chapas grossas são de tolerância de espessura EN 10029 classe C.